quinta-feira, 5 de agosto de 2010

(Só por que eu sou louca por esse texto)

A primeira vez

Você sempre me disse que sua maior mágoa era eu nunca ter escrito um texto sobre você. Nem que fosse te xingando, te expondo. Qualquer coisa.
Você sempre foi o único homem que me amou. E eu nunca te escrevi nem uma frase num papelzinho amassado.
Você sempre foi o único amigo que entendeu essa minha vontade de abraçar o mundo quando chega a madrugada. E o único que sempre entendeu também, depois, eu dormir meio chorando porque é impossível abraçar sequer alguém, o que dirá o mundo.
Outro dia eu encontrei um diário meu, de 99, e lá estava escrito “hoje eu larguei meu namorado sentado e dancei com ele no baile de formatura”. Ele, no caso, é você. Dei risada e lembrei que em todos esses anos, mesmo eu nunca tendo escrito nenhum texto para você, eu por diversas vezes larguei vários namorados meus, sentados, e dancei com você. Porque você é meu melhor companheiro de dança, mesmo sendo tímido e desajeitado.
Depois encontrei uma foto em que você está com um daqueles óculos escuros espelhados de maconheiro. E eu de calça colorida daquelas “bailarina”. E nessa época você não gostava de mim porque eu era a bobinha da classe. Mas eu gostava de você porque você tinha pintas e eu achava isso super sexy. E eu me achei ridícula na foto mas senti uma coisa linda por dentro do peito.
Aí lembrei que alguns anos depois, quando eu já não era mais a bobinha da classe e sim uma estagiária metida a esperta que só namorava figurões (uns babacas na verdade), você viu algum charme nisso e me roubou um beijo. Fingindo que ia desmaiar. Foi ridículo. Mas foi menos ridículo do que aquela vez, ainda na faculdade, que eu invadi seu carro e te agarrei a força. Você saiu cantando pneu e ficou quase dois anos sem falar comigo.
Eu não sei porque exatamente você não mereceu um texto meu, quando me deu meu primeiro cd do Vinícius de Morais. Ou quando me deu aquele com historinhas de crianças para eu dormir feliz. Ou mesmo quando, já de saco cheio de eu ficar com você e com mais metade da cidade, você me deu aquele cartão postal da Amazônia com um tigre enrabando uma onça.
Também não sei porque eu não escrevi um texto quando você apareceu naquela festa brega, me viu dançando no canto da mesa, e me disse a frase mais linda que eu já ouvi na minha vida “eu sei que você não gosta de mim, mas deixa eu te olhar mesmo assim”.
Talvez eu devesse ter escrito um texto para você, quando eu te pedi a única coisa que não se pede a alguém que ama a gente “me faz companhia enquanto meu namorado está viajando?”. E você fez. E você me olhava de canto de olho, se perguntando porque raios fazia isso com você mesmo. Talvez porque mesmo sabendo que eu não amava você, você continuava querendo apenas me olhar. E eu me nutria disso. Me aproveitava. Sugava seu amor para sobreviver um pouco em meio a falta de amor que eu recebia de todas as outras pessoas que diziam estar comigo.
Depois você começou a namorar uma menina e deixou, finalmente, de gostar de mim. E eu podia ter escrito um texto para você. Claro que eu senti ciúmes e senti uma falta absurda de você. Mas ainda assim, eu deixei passar em branco. Nenhuma linha sequer sobre isso.
Depois eu também podia ter escrito sobre aquele dia que você me xingou até desopilar todos os cantos do seu fígado. Eu fiquei numa tristeza sem fim. Depois pensei que a gente só odeia quem a gente ama. E fiquei feliz. Pode me xingar quanto você quiser desde que isso signifique que você ainda gosta um pouquinho de mim.
Minhas piadas, meu jeito de falar, até meu jeito de dançar ou de andar. Tudo é você. Minha personalidade é você. Quando eu berro Strokes no carro ou quando eu faço uma amiga feliz com alguma ironia barata. Tudo é você. Quando eu coloco um brinco pequeno ao invés de um grande. Ou quando eu fico em casa feliz com as minhas coisinhas. Tudo é você. Eu sou mais você do que fui qualquer homem que passou pela minha vida. E eu sempre amei infinitamente mais a sua companhia do que qualquer companhia do mundo, mesmo eu nunca tendo demonstrado isso. E, ainda assim, nunca, nunquinha, eu escrevi sequer uma palavra sobre você.
Até hoje. Até essa manhã. Em que você, pela primeira vez, foi embora sem sentir nenhuma pena nisso. Foi a primeira vez, em todos esse anos, que você simplesmente foi embora. Como se eu fosse só mais uma coisa da sua vida cheia de coisas que não são ela. E que você usa para não sentir dor ou saudade. Foi a primeira vez que você deixou eu te olhar, mesmo você não gostando de mim.
E foi por isso, porque você deixou de ser o menino que me amava e passou a ser só mais um que me usa, que você, assim como todos os outros, mereceu um texto meu.
Tati Bernardi
E agora eu me dei conta que de todos os passos que dei até hoje, estavam destinados a lhe encontrar...

Devaneio

Eu tento gritar mas minha garganta não emite som algum. Meu rosto está empalidecido e sem rastros de nenhuma maquiagem. Minha boca seca tenta exprimir algo, mas parece impossível. A falta do toque dele é algo que me torna tão fraca! Eu tento fingir que ele está ali comigo do meu lado, mas a realidade as vezes me impede de sonhar tão alto...

"Eu sei que para você estar com ele tem algo que a prenda. Tem algo nele em que você não consegue se soltar. Assim como ele também achou algo em você que o prenda".

"Amor é quando você reconhece os defeitos da pessoa e mesmo assim quer ficar com ela".

terça-feira, 3 de agosto de 2010

(...) e mesmo quando eu tento me esconder de todos. Ele sempre me encontra..

Eu não vou mentir, sempre quis uma vida de cinema. Rodava momentos na minha cabeça como se fossem flashbacks e ainda colocava a música de fundo. Eu já cheguei a imaginar que eu iria encontrar um cara perfeito, igual ao dos filmes que eu sempre via. Ele destruía barreiras, gritava um "eu te amo", e fazia surpresas. Mas que saber? Eu acordei. Não se pode ser perfeito, ninguém é. E é isso que cria a aventura, o romantismo, a dúvida... E eu encontrei o cara que não abre a porta do carro pra mim mas me coloca em primeiro plano, ele não grita"eu te amo" mas me diz isso todos os dias no pé do ouvido, ele não precisa fazer surpresas por que ele já é uma em si. Ele pode não ter aparecido no seu cavalo alado branco com sua armadura, mas apareceu com um óculos quase quebrando, uma bermuda caindo e uma blusa qualquer.. escolhida na preguiça. E foi por ele que eu me apaixonei, por que eu amo "apesar de".
Onde mais eu acharia alguém me acha atraente ao acordar? Sem maquiagem?
Ele me rouba risadas quando eu menos quero isso. Me tira do sério, me faz perder a cabeça e depois ainda diz: "A mulher tá doida!". Não me mudou, não me fez pior, e nem me limitou. Ele apenas segura a minha mão e me acompanha aonde quer que eu vá.
Eu posso lhes dar mil motivos para não estar com ele.. Mas é com ele que eu quero ficar. Passar o resto dos meus dias de vida. Mesmo ele sendo o causador da minha insônia.



Todos nós precisamos de alguém imperfeito. Senão qual seria a graça?












Obrigada por mais um mês ao meu lado. Que venham muitos! Eu amo você...

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A um segundo..

"Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e depois de te encontrar. Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar. Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência, pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência".


Martha Medeiros


"É cansativo viver sem vírgulas porque eu respiro a sua existência 24 horas por dia, e só coloco vírgulas teatrais para você não enjoar de mim. Te amar não é fácil, é quase o anti-amor. É muito quase como se você nem existisse, porque só o homem perfeito mereceria tanto sentimento. E eu te anulo o tempo todo dizendo para mim, repetindo para mim, o quanto você falha, o quanto você fraqueja, o quanto você se engana. E fazendo isso, eu só consigo te amar mais ainda. E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo. E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado".                                                                         
Tati Bernadi


terça-feira, 27 de julho de 2010

É sem sentido sair por aí e não amar ninguém.

Percebi a um tempo atrás que eu não conseguiria fazer uma viajem de 1 mês, 6 meses, 8 meses.. seja o que for. Lutei contra paredes, chutei baldes que não haviam, derramei lágrimas escondidas enquanto todos dormiam em 12 dias. 
Como alguém que ama muito alguém consegue ir pra longe? Passar longos meses fora? Como esse alguém suporta? (...) Eu descobri que não tenho forças. Que tudo me faz lembrar ele, até um simples hamburger ou uma blusa. Impossível esquecer alguém que mexe tanto comigo. Não me lembro de como era antes.. eu viajava e não havia nada pra lembrar? Nada pra me fazer feliz? Eu era tão sem vida. Era um corpo morto andando sem direção, sem sentido! 
A falta que ele me fez é tremenda. Eu me sinto uma doente de amor. Não tenho vergonha de dizer, eu AMO com exageros, amo sem dar explicação...


quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vazio

Cheguei em São Luís. Cheguei mesmo ? Parece que não. Tá um vazio no meu peito, ta faltando alguma coisa muito importante.Ah sim, é você..Essa cidade não é a mesma sem sua presença. Preciso ouvir ao menos sua voz. Mentira. Quero poder te abraçar, poder ver e ouvir seu sorriso. Chega logo, galuda, to te esperando.

Fala galera !

Seguinte, como vcs ja viram a lolo teve que viajar, e nesse tempo que ela vai passar fora vou ficar postando aqui. Vou tentar postar todos os dias. Não esperem muito de mim, eu sou viciado nos posts de louise e sei o quanto eles são bons. Acho que não consigo chegar nem perto dela. Bom, é isso ae, cheguei agora em São Luís, daqui a pouco to postando.

Caíque

segunda-feira, 12 de julho de 2010

(re)postagem

Setembro de 2009

Fiquei ali, sentada sobre as mãos, observando aquele rosto sem defeitos e o topete em que eu tanto achava engraçado. Ele me encarava e sorria de canto disfarçando a timidez, eu ficava séria por alguns instantes e depois lhe retribuia. Adorava ouvir suas gargalhadas e ficar observando os seus olhares. Ele ria do meu sotaque e eu lhe dava broncas por brigar com seu irmão.
Quando eu iria me despedir, dava um beijo na sua buchecha e minha respiração parecia parar por alguns instantes.

Havia dias que ele chegava mais tarde e sentava do meu lado, ou pelo menos perto.
Ele adorava me irritar puxando meu brinco, tirando minha havaiana ou empurrando a cadeira. Outras vezes, ele puxava a minha cadeira mais para perto da dele e me "embrulhava" com o seu casaco, ficavamos lendo um para o outro ou estudando juntos.


"E até quem me vê lendo o jornal , na fila do pão, sabe que eu te encontrei" Los Hermanos - Ultimo Romance

Bom Dia (ou seria boa tarde? ah, tanto faz!)

Vou viajar hoje de madrugada e quem vai ficar cuidando do meu lindo blog será Caíque, ok?
Eu acho né.. Ele me falou que ia tentar! Mas não é difícil. Gostaria que votassem na enquete ao lado e comentassem o que vocês estão mais gostando e o que não está bom.
Bom, me despeço aqui. Boas férias gente. Voltarei dia 25 com mais posts. Amo vocês!

domingo, 11 de julho de 2010

Mas cada volta tua há de apagar

O que esta ausência tua me causou...


Quando você sente saudade demais de uma pessoa

então começa a vê-la nas outras, em todos os lugares.
É Difícil expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.
Não precisa procurar no meio da multidão, coisas acontecem quando você desiste de procurá-las(...)

sexta-feira, 9 de julho de 2010

para ele não morrer só

Já pararam para perceber que mulherengos são aqueles homens que foram mal-sucedidos no amor? É, são aqueles que resolveram virar plenos cafajestes por que alguma mulher de coração frio o deixou na mão. Isso é pleno ego. 
Tenho um amigo que me disse que ia largar a garota, que ia raspar a cabeça, ia ficar gostoso e sair beijando sem compromisso nenhum. Quer saber mais? os garotos que ficam assim só servem para serem repassados entre as amigas e nada mais. Quem vai querer um garoto com tanta fama assim? Sinceramente, eu não gostaria.
Repensem, pensem e pensem mais um pouquinho antes de cometer tal declínio. 
Nenhuma garota vai confiar totalmente em um garoto depois de souber da sua mal-fama. É dito cujo, meu bem! Seu namoro logo logo vai por agua abaixo. Não é verdade? Ou alguém atira uma pedra?
Não né? Eu já sabia.
(...)

despedida

(...)
Dei um pulo da cama correndo contra o tempo, me vesti depressa.. atordoada. 
Ele me liga ofegante, dizendo que estava na portaria do meu prédio me esperando. Sem pensar em mais nada, desci. Lágrimas queriam sair mas eu as segurava o tanto que podia, minha mãos não sabiam ficar paradas,e o pensamento, só nele.
Quando as portas do elevador se abriram, aquele sol irradiante logo bateu em meu rosto me impedindo de vê-lo. Fui abrindo meus olhos devargazinho e ele foi vindo em minha direção. 
Não queria deixa-lo partir. Eu não podia. Mas o bom-senso falou mais alto. Eu queria tranca-lo em um quartinho, cuidar dele como se fosse meu tesouro. 
(...)
Despedidas não são meu forte. Ele logo disse que teria que ir. Meu coração estava apertado e minhas mãos não largavam seu ombro. Eu não podia parar de abraça-lo. 
Mas eu o deixei ir. Fiquei vendo ele partir ali parada sem mover um musculo. O que deu em mim? Eu deveria ter corrido, deveria ter dito para ele ficar mais um pouco. Dizer que o amava tanto...
Haviam tantas lágrimas em meus olhos que não pude vê-lo direito. 
(...)

Caíque, eu estou com saudades. Eu nem sei se gosto mais de mim ou de você.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Distância, saudade e calafrios

A saudade é algo inevitável de se sentir. Em algum momento, você vai se distanciar da pessoa que faz teu coração dar pulinhos de alegria, é inevitável. Temos que estar preparados para esse momento, mesmo não querendo.
A distância para aqueles que amam, é apenas mais um pretexto para amar mais e mais... Contudo, ao mesmo tempo é algo sufocante, ameaçador, estranho. Deixa tudo sem graça, tudo sem jeito e sem cor. Nada tem sentido. A melhor coisa é ouvir aquela voz do outro lado do telefone pra dar uma trégua na maldita saudade.

Eu já não sei mais o que fazer.
Eu admito. Amo demais. Amo com exageros. Amo sem pretextos. Amo sem pedir nada em troca.
Eu simplesmente amo.

"Eu só preciso saber como vai você..."

você merece alguém

que o ame a cada batida do seu coração, alguém que pense a seu respeito a cada instante, alguém que passe cada minuto do dia apenas se perguntando o que você está fazendo, onde está, com quem está e se está bem. Precisa de alguém que possa ajudá-lo a alcançar seus sonhos. Alguém que vá tratá-lo com respeito, que ame cada lado seu, especialmente suas falhas. Você deveria estar com alguém que possa fazê-lo feliz, realmente feliz, flutuando de felicidade. Alguém que deveria ter aproveitado a chance de estar com você.

@ famousphrases

Não sei fingir que amo pouco quando em mim ama tudo.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Eu não existo sem você

Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor, não tenha medo de sofrer
Pois todos os caminhos me encaminham prá você
Assim como o oceano só é belo com o luar
Assim como a canção só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem só acontece se chover
Assim como o poeta só é grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor não é viver
Não há você sem mim, eu não existo sem você.

Eterno Chico

A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... 
TUDO BEM!
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... 
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. 
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Sabe quando você precisa falar algo muito importante e acaba dando meia volta e indo direto para geladeira?
Esses dias eu vivo isso constantemente.Querendo fugir de responsabilidades, fugir do arrependimento, fugir do encanto das palavras.
Medo de tudo. Do escuro, das borboletas, das comidas, de um animal estranho, de abrir a janela, de andar na madrugada, de fechar os olhos e não acordar mais. Porém existe um medo maior... medo do amor.
Não vou lhes mentir, mas ele ainda surge de vez em quando, vem do silêncio, do afago, do olhar.
E lhes pergunto, tem remédio?
Pior que tem! E são aquelas palavras que acolhem que quando ditas, se transformam em abraços.
Eu preciso delas.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O amor é como uma borboleta.

Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela estará ali do seu lado.

terça-feira, 29 de junho de 2010

O que é amar

Caíque Reis diz:
amar é surpreender, amar é ver que tudo está diferente, que tdo que vc precisa é o amor, amar é perceber que isso é tudo que faltava na sua vida, e mto mais.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

loner in love

Ela não consegue chorar, tenta expandir aquela dor e ao mesmo tempo esconder o buraco que está se tornando em seu peito.Todos os dias apaga as luzes de seu quarto deixando uma ou duas acessas e se debruça em seu cobertor, tentado acalmar a ansiedade, desejo e saudade.
(...)

















"Você poderá achar que eu sou uma tola por te amar tanto assim, mas eu vou continuar sendo tola. E eu não tenho forças, pra ficar longe.Sinto muito".

domingo, 27 de junho de 2010

Ah, o amor!

Eu digo o amor entre enamorados.
É aquele que faz teu coração dar pulinhos, lembra? Não? Que pena.
Ele tem que ser alimentado, assim como qualquer outro sentimento. Não pensamos duas vezes em pegar o carro, o ônibus ou o avião e ir de encontro só para ficar pertinho, só pra ouvir aquela voz que te acalma toda vez. E a distância... é algo que faz de tudo uma sufocação entre dois corações, algo que impede de sentir o calor de outro corpo, ver os olhos da pessoa que se ama brilhando só por ver você. E eu não quero sentir isso.
Eu não quero ter saudade.
Eu não quero viajar.
Mas tem coisas que são (im) possíveis de acontecer. Na verdade, tudo isso poderia ser contornado. Eu poderia decidir não mais viajar e ficar sem minha câmera. É eu poderia, mas eu não quero... Vê se pode! Vou garantir meu futuro. Entrar em uma depressão com duração de 14 dias. Vamos, digam-me músicas tristes.. vou ouvi-las repetidas vezes.
Já previ essa viajem: vai ser uma merda.

sábado, 26 de junho de 2010

Alguém me tira dessa casa?

rapte, adote (...)
Não aguento mais!
Quero sair daqui.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Pra você guardei o amor,

que nunca soube dar, o amor que tive e vi sem me deixar, sentir sem conseguir provar, sem entregar e repartir. Pra você guardei o amor que sempre quis mostrar, o amor que vive em mim, vem visitar, sorrir, vem colorir solar, vem esquentar e permitir. Quem acolher o que ele tem e traz, quem entender o que ele diz no giz do gesto, o jeito pronto do piscar dos cílios, que o convite do silêncio exibe em cada olhar. Guardei, sem ter porque, nem por razão, ou coisa outra qualquer. Além de não saber como fazer pra ter um jeito meu de me mostrar. Achei, vendo em você e explicação nenhuma isso requer, se o coração bater forte e arder, no fogo o gelo vai queimar. Pra você guardei o amor que apendi vendo os meus pais, o amor que tive e recebi e hoje posso dar livre e feliz. Céu, cheiro e ar na cor que arco-íris risca ao levitar...
(Nando Reis)

palavras arrastadas

Sou aquela garota que guarda cartas de amor, coleciona frases e quer liberdade. Pequenas coisas me impressionam dependendo de quem fez o ato, eu sempre espero demais de todos e crio falsas ilusões para não morrer em tédio. Meu problema sempre foi acreditar em tudo que me dizem e depois quebrar a cara. Me acostumei.
Nunca mais parei para ver o quanto o Sol está bonito nem dei mais valor a alguns atos de meus pais. Por que tem gente que fala algo e faz outra? Não consigo entender. Não consigo escrever bem hoje, coloco palavras, tiro palavras. Ponho sorrisos, tiro, reponho.. Cadê minha motivação? Ah, lembrei.
Eu quero dormir.. Mas tenho medo de não acordar mais (...)

?

É surpreendente o quanto um sorriso pode mudar sua vida. Como desconhecidos podem se tornar seus amigos do peito ou uma palavra mal dita se tornar uma ferida incontrolável.

As vezes é preciso pensar mais

Eu preciso inventar uma expressão mais forte que 'eu te amo'


Vou pensar nisso nos proximos dias;

Eu te amo não expressa tudo que eu sinto por vc;

Já percebi isso;

neoqeta, tá?

To aqui pra tudo, a qualquer hora;
 
Caíque.
 
Ah, pra quem ainda não leu "O pequeno príncipe", leia, é muito bom, tive a felicidade de ganhar da pessoa mais linda e meiga do mundo!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Eu tenho um milhão de motivos

 pra fugir de pensar em você, mas em todos esses lugares você vai comigo. Você segura na minha mão na hora de atravessar a rua, você me olha triste quando eu olho para o celular pela milésima vez, você sente orgulho de mim quando eu solto uma gargalhada e você vira o rosto se algum homem vem falar comigo. Você prefere não ver, mas eu vejo você o tempo todo.
Tati Bernardi

O amor dispensa palavras

 já que os olhos sabem falar uma língua muito mais convincente.

 (Jean de La Bruyère)


domingo, 20 de junho de 2010

dois amores

Já faz 3 ou 4 anos que comecei a ver a vida com outros olhos, encontrar o ângulo perfeito para o momento inesquecível, apenas 8 meses que descobri o sentido de viver e amar, porém esse pouco tempo me fez sorrir e acreditar que sou capaz de qualquer coisa pois achei minha motivação ao encontrar o amor.
É difícil de explicar essas duas sensações que me ocorrem todos os dias. Ninguém é capaz de ter essa visão que eu tenho do mundo, muito menos de amar como eu amo. A cada flash posso mostrar um pouco do que vem a cabeça. Posso mostrar minha forma de pensar sobre tudo e sem usar as palavras. Apenas gestos, sejam eles simples ou um tanto confusos.
Sabe quando você se sente abandonado, seja por familia ou por amigos? Nessas horas eu me recorro a lágrimas ou a ouvir o timbre suave da voz de alguém no qual faz meu coração correr acelerado. Atualmente estou mais ouvindo do que chorando. Se for para derramar lágrimas que seja de felicidade.
Olhos brilhando , ansiedade vindo a tona e adrenalina correndo em meu sangue. Foi assim que me senti quando meu pai me deu a minha primeira maquina fotográfica. Minha primeira foto saiu meio desfocada e foi da minha avó que exibia um sorriso maroto. Quem diria que eu iria me deixar levar tanto por essa magia que é a fotografia?
Mas não foi apenas o encostar do dedo no obturador que me fez ser eu mesma. A pouco tempo, senti dificuldades em português e me recorri a aulas particulares. Não fazia idéia do que me esperava naquela pequena sala de aula. Em poucas semanas eu estava prestes a me apaixonar e não esperava isso. Como se fosse ontem , abri a porta lentamente e encontrei o amor olhando para mim ficando vermelho. Eu já imaginava que depois daquele instante minha vida não séria mais a mesma . Não existem dias iguais.Nada se repete e através da fotografia podemos os guardar para sempre. Seja uma troca de olhares até o grão de açucar. Tudo tem seu sentido e nada é por acaso.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Louise

Caíque que tá postando :p
O que não fazer e fazer quando Louise ta de tpm/estressada ou no dia-a-dia  (h);
->Não irrite a coitada..quer dizer, irrita msm., mas com cuidado!;
->Elogie-a, mas com cuidado novamente, senão ela vai dizer que tu tá mentindo (y), ou eu posso ficar com raiva...ehuehueh;
->Mande ela me ligar;
->Fale pra ela que está tudo bem e que tudo vai ficar bem e ninguém irá se machucar;
->Seja paciente com ela, as vezes ela pode descontar em você, mas não ligue, ela não quer te deixar triste;
->Err, to sem idéia, deixa eu perguntar aqui pra louise.. -Caíque: o que eu posso fazer pra te deixar feliz ? -Louise: me AME!, hm ok..
->Sempre dê atenção a tudo que ela lhe diz;
Ah sim, o mais importante..
->NUNCA, eu repito, NUNCA, dê opiniões ou sujestões na sua vida, ou ela dirá que vc está mandando nela! ehueheuehue

10 coisas para se fazer quando (...)

Quando se está apaixonado:

+ Ouça músicas românticas
+ Compre um buquê
+ Grave um CD recheado de músicas românticas
+ Leve-a a praia
+ Deixe bilhetes em locais inesperados
+ Beijem-se na chuva
+ Aproveitem quando houver algum parque de diversão e dêem uma voltinha na roda gigante.
+ Chame-a para dançar, mesmo se não houver música.
+ Escreva uma carta de amor
+ Faça uma lista com tudo que adora nela.

Quando sua namorada está de TPM:

+ Calcule você mesmo o ciclo menstrual de sua namorada e veja o dia em que ela vai ficar de TPM. (É fácil)
+ Evite assuntos que a tirem do sério. Isso pode causar a terceira guerra mundial
+ Nunca diga a ela que ela está de TPM, a resposta vai ser sempre não acompanhado de um corte ou um murro.
+ Agrade. Dê presentes, flores.. Chame-a para sua casa ver um filme.
+ Quando uma mulher está no período pré-menstrual, ela não quer comer nada, então nem invente de lhe oferecer comida.
+ Diga o quanto ela está linda hoje.
+ Escreva uma carta
+ Diga o quanto ela fica engraçada quando está com raiva(isso derrete qualquer uma).
+ Dê atenção, e não a deixe sozinha em um lugar para falar com seus amigos.
+ Faça o que ela manda, ou então: MORRA. (é sério ^^' )

Quando está entediado:

+ Cinema
+ Chame alguém para sua casa
+ Saia mesmo sem saber onde ir(adoro fazer isso)
+ Coma muito
+ Saia com sua namorada(o)
+ Vá as compras!
+ Organize seu computador
+ Jogue.
+ Vá no google.com e ponha: O que fazer quando está entediado
+ Me procure


segunda-feira, 14 de junho de 2010

Saint-Exupéry

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.

domingo, 13 de junho de 2010

Existem quase 7 bilhões de pessoas no mundo

e eu fui me apaixonar apenas por uma. E não quero mais trocar.

Sabe quando

mulher diz que não é nada? É tudo.

Qual o sentido de viver se alguém sempre tem argumentos contrários quando me vê feliz?

Todos me dizem: “Você é muito nova”, “Viva sua vida, agora”, “Pare de sonhar tão alto”, “Ele só é o primeiro de muitos que você terá não se apegue”. Eu cansei de ouvir tudo isso e ficar calada. Cansei de me dizerem o que eu tenho que fazer ,o que vestir, o que comer, o que falar. Meus modos eu que os faço. 
Eu já não sei mais qual é o sentido de amar. Qual é o sentido de ter alguém estável em sua vida e ser feliz assim, só com uma única pessoa?Por que ainda tem gente que insiste em tentar dizer qual é o meu futuro baseado no passado deles? Minha vida não é novela, minha vida não se compara com a de ninguém mais.
Quantos corações eu terei que machucar para ter um que satisfaça essa gente toda? Eu lhes respondo: NENHUM.
Ninguém é dono da minha vida, não digam o que é o certo para mim. Se eu fiz algo, certamente pensei sobre isso.
Desejo a todos uma boa noite. E há de quem se envolver em minha vida sem ser chamado.

O que fazer no domingo

NADA.

sábado, 12 de junho de 2010

O medo do Amor




Medo de amar? Parece absurdo, com tantos outros medos que temos que enfrentar: medo da violência, medo da inadimplência, e a não menos temida solidão, que é o que nos faz buscar relacionamentos. Mas absurdo ou não, o medo de amar se instala entre as nossas vértebras e a gente sabe por quê.

O amor, tão nobre, tão denso, tão intenso, acaba. Rasga a gente por dentro, faz um corte profundo que vai do peito até a virilha, o amor se encerra bruscamente porque de repente uma terceira pessoa surgiu ou simplesmente porque não há mais interesse ou atração, sei lá, vá saber o que interrompe um sentimento, é mistério indecifrável. Mas o amor termina, mal-agradecido, termina, e termina só de um lado, nunca se encerra em dois corações ao mesmo tempo, desacelera um antes do outro, e vai um pouco de dor pra cada canto. Dói em quem tomou a iniciativa de romper, porque romper não é fácil, quebrar rotinas é sempre traumático. Além do amor existe a amizade que permanece e a presença com que se acostuma, romper um amor não é bobagem, é fato de grande responsabilidade, é uma ferida que se abre no corpo do outro, no afeto do outro, e em si próprio, ainda que com menos gravidade.

E ter o amor rejeitado, nem se fala, é fratura exposta, definhamos em público, encolhemos a alma, quase desejamos uma violência qualquer vinda da rua para esquecermos dessa violência vinda do tempo gasto e vivido, esse assalto em que nos roubaram tudo, o amor e o que vem com ele, confiança e estabilidade. Sem o amor, nada resta, a crença se desfaz, o romantismo perde o sentido, músicas idiotas nos fazem chorar dentro do carro.

Passa a dor do amor, vem a trégua, o coração limpo de novo, os olhos novamente secos, a boca vazia. Nada de bom está acontecendo, mas também nada de ruim. Um novo amor? Nem pensar. Medo, respondemos.

Que corajosos somos nós, que apesar de um medo tão justificado, amamos outra vez e todas as vezes que o amor nos chama, fingindo um pouco de resistência mas sabendo que para sempre é impossível recusá-lo.
Martha Medeiros

Amor não é se envolver com a pessoa perfeita

(...)aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.


Feliz dia dos namorados!




(algumas fotos de uns casais, obrigada por terem mandado!)

O famoso dia dos namorados

E como prometi, aqui está o post super legal por conta desse dia tão apaixonado.

Começando por esse vídeo super romântico, no qual eu não consegui postar aqui, mas coloquei o link.
http://www.youtube.com/watch?v=20k7rPnECAg&feature=related

Como surgiu o dia dos namorados?

O dia dos namorados é conhecido na maior parte do mundo como Dia de São Valentim. Sua origem ocorreu no século III em Roma estando baseada na fé cristã e na Igreja Católica. São Valentim era um bispo cristão. Na Roma antiga estava cada vez mais difícil conseguir homens dispostos a servir o exercito romano. Muitos homens jovens relutavam em abandonar suas mulheres e filhos para lugar em guerras romanas.
Com isso o imperador da época chamado Cláudio II determinou a proibição do casamento de jovens. São Valentim não gostou da ideia e começou a realizar casamentos escondidos indo contra as determinações do imperador. Quando foi descoberto Valentim acabou preso. Muitos jovens ficaram revoltados e começaram a fazer manifestações em nome do amor e da união. A  história diz que a filha cega do carcereiro que cuidava de Valentim teve a permissão do pai para visitar o santo. Os dois acabaram se apaixonando e a filha do carcereiro milagrosamente começou recuperou a visão. No dia 14 de fevereiro do ano de 270 Valentim foi decapitado. Posteriormente acabou se tornando um santo da igreja católica.
Ele foi enterrado na Via Flaminiana, no lugar onde foi martirizado e neste local o Papa Júlio I mandou levantar uma basílica.
No Brasil o dia dos namorados não está diretamente relacionado com o dia 14 de fevereiro que é a data usada na maioria dos países. No Brasil a data usada é o dia 12 de junho por ser vespera do dia de Santo Antônio considerado um santo casamenteiro.





Bom, estou com um pouquinho de pressa agora!
Talvez poste mais coisinha hoje. Bom dia dos namorados, meus amores!


quarta-feira, 9 de junho de 2010

Por que querer...

esta tão longe de poder ?




Por que VOCÊ não tem um namorado?

Esse artigo não é de minha autoria. Mas leiam, principalmente vocês garotas!




Era uma vez uma mulher que se sentia atraída por um homem. Primeiro ele era só mais um homem bonito… mas quando ela o ia conhecendo melhor ela sentia-se mais e mais atraída por ele… e quanto mais tempo ela passava com ele mais aumentava essa ligação emocional profunda para com ele.

Mas havia um problema… quanto mais a atração crescia mais insegura ela se tornava. Porquê? Porque ela não sabia se ele sentia o mesmo que ela. Às vezes ele falava com ela e dizia coisas que a levava a acreditar que eles tinha uma ligação especial, mas nada progrediu além da fase de “amizade”. Haviam olhares ocasionais, às vezes um e-mail ou um telefonema… e às vezes ele até dizia algumas coisas pessoais e emocionais e ele até partilhou um ou dois segredos com ela.

Mas havia algo que estava mal. Ele não estava a agir como um homem que se estava a apaixonar. Ele estava a agir como um amigo e às vezes até mais distante que um amigo. As coisas pareciam aquecer e arrefecer. Às vezes ele ligava para ela e eles falavam e às vezes ele ignorava ela e parecia afastar-se.


A insegurança que ela sentia de tudo isto ficou cada vez maior… quanto mais insegura ela ficava, mais medo ela tinha de “estragar as coisas” ou “assustar ele”, ela tinha medo de falar das coisas erradas ou de perguntar se ele estava interessado nela e ela tinha medo de perguntar porque ele não a convidava a sair.

Depois de passar dias e noites obsecada por este homem, a mulher chegou à conclusão que se ele soubesse como ELA SE SENTIA, que assim ele ia sentir o mesmo que ela.
Assim ela tomou um passo arriscado. Ela DISSE O QUE SENTIA por ele. Ela confessou os sentimentos que ela tinha por ele e disse que queria estar com ele. Pareceu que ele respondeu bem de início, eles até se beijaram e passaram algum tempo sozinhos numa espécie de momento especial.

Mas depois disso ele afastou-se, não ligou para ela e não estava “disponível” para nada. Ele estava até menos “disponível” do que quando eles eram “amigos”. Isto fez a mulher ficar ainda mais confusa. Ela não sabia o que fazer… Será que ele também a amava, mas que ele tinha medo de alguma coisa? Será que ele não estava preparado para um relacionamento sério e que essa era a única forma de dizer isso – afastando-se? Será que ela não se tinha esforçado o suficiente ou tinha explicado mal o que ela estava a pensar e a sentir?

Depois de um tempo ela finalmente decidiu que as coisas não podiam continuar assim… ela queria estar com ele. Ela tinha de ter a certeza que ele sabia o quanto ela queria estar com ele… por isso ela tomou um passo grande, deu-lhe um presente simbólico e escreveu uma carta… confessando novamente os seus sentimentos.

E depois aconteceu algo impensável. Ele não respondeu como ela esperava. Ele até pareceu IRRITADO com ela. Quando ela tentava entrar em contacto com ele, ele dizia que não podia falar agora, que ele estava a meio de uma coisa importante e que ele ia “telefonar um pouco mais tarde”.

Os dias passaram e ele nunca telefonou. Nos meses seguintes a mulher tentou desesperadamente entender o que bateu errado… e o que tinha acontecido.

FIM

Bem… não foi uma historia linda? Quase que apetece pegar num lenço e começar a chorar não é? Esta história é não tem tempo nem espaço… muitas mulheres identificam-se com ela. Este tipo de historias e situações fascinam-me. Estas histórias fascinam-me porque são uma grande OPORTUNIDADE de entender os mistérios dos homens, das mulheres e como eles se comportam. Nesta situação em particular existe algo importante para as mulheres saberem. Um SEGREDO que muitas mulheres NÃO entendem.

Esse segredo é que se um homem não sente ATRAÇÃO por uma mulher, todas as tentativas de criar uma ligação, de o convencer a gostar dela, e de sentir e partilhar o amor vão produzir efeitos negativos. Por outras palavras, as tentativas não vão funcionar – vão tornar as coisas ainda PIORES. Vão fazer ele fugir.

Mesmo que uma mulher tenha as intenções mais amorosas e positivas, estes sentimentos causam as mulheres a fazer coisas que afastam o homem… e às vezes para sempre. É uma porcaria não é? Porque é que as coisas tem de ser tão difíceis?

Eu espero que ao explicar o processo de como isto acontece, eu possa ajudar você a evitar estas situações dolorosas e frustrantes no seu futuro…

Como Não Seduzir um Homem
Eu fico fascinado pela ideia que nós humanos nem sempre entendemos as mensagens que estamos a comunicar aos outros. Só porque queremos comunicar alguma coisa a outras pessoas, isso não quer dizer que as coisas sejam entendidas como queremos. Por exemplo, já viu alguma mulher que se veste de uma forma demasiado sensual e que utiliza maquiagem a mais? Ele veste-se assim porque ela acha que está a mostrar como ela é atrativa, mas não é essa a mensagem que toda a gente está a receber.

Como seres humanos desenvolvemos certas “estratégias” para lidar com situações que nos metem medo com o caso da REJEIÇÃO. No caso da mulher que exagera na forma de se vestir, talvez a estratégia dela seja compensar a insegurança que sente mostrando o corpo e metendo muita maquiagem. O mesmo acontece em estratégias para atrair o sexo oposto.

As mulheres desenvolvem certas estratégias que elas PENSAM que vão funcionar para suscitar o interesse do homem. Mas se o homem não sente ATRAÇÃO desde o inicio, ou se não for a hora ou o lugar certo, nenhuma destas estratégias vai funcionar. Pior ainda, essas estratégias vão produzir efeitos negativos e causar um grande DESCONFORTO no homem.

Vou então falar um pouco sobre essas estratégias comuns que muitas mulheres usam mas que raramente funcionam para seduzir um homem.

A primeira estratégia são o que eu chamo os “SUBORNOS”. Isso acontece quando uma mulher tenta ser “boazinha” comprando um prenda ou fazendo algo de bom para mostrar como ela gosta dele. Algo como ajudar ele a resolver algum problema pessoal ou no trabalho sem ele pedir. Ou ajudar doutra forma ou oferecer fazer qualquer coisa que demora bastante tempo e energia. Se você tem um AMIGO (homem ou mulher) e gosta deles, então você quer que eles gostem mais de você, então faz alguma coisa de bom para eles, eles provavelmente vão gostar muito e ficam a gostar ainda mais de você… como amiga.

Por outro lado… Se tem um homem de quem “gosta” de uma forma romântica, e ele não “sente” nada por você, e você faz algo de bom para ele, porque você quer que ELE goste mais de você, isso vai PIORAR as coisas… ele NÃO vai gostar mais de você e provavelmente vai distanciar-se mais!

Depois dos subornos não funcionarem, as mulheres ficam chateadas e começam com a segunda estratégia.

Eu chamo a esta “CONVENCER” o homem.

Isto é quando você diz a um homem o que você sente por ele e como quer estar junto com ele com a esperança que ele “veja a luz” e que proclame os sentimentos dele por você. Isto é como a mulher da historia do inicio do artigo. Aquela mulher que estava a fazer tudo por um homem que não tinha nenhum interesse romântico nela… por isso ela tentou convencer o homem até ele desaparecer da vida dela para sempre.

As mulheres pensam que tem de verbalizar o que sentem por um homem… como se isso fosse parte do processo de seduzir um homem. Isto também acontece quando você pergunta “O que você sente por mim?” e “Você quer estar comigo?”

Na sua cabeça é assim que as coisas funcionam:

Você gosta dele > Você diz que gosta dele > Ele gosta de você

Se você seguir este padrão com homens que ainda não estão a SENTIR muita ATRAÇÃO ou uma LIGAÇÃO forte com você essa estratégia também é contra produtiva.

Os homens sabem quando estão a receber as “ondas” de uma mulher que gosta deles. E isso não tem problema, os homens até gosta. Mas quando você começa a PERSEGUIR ele e a falar sobre como você se sente, você cria TENSÃO NEGATIVA.

Por isso se ele ainda não gosta de você, é assim que as coisas se vão passar:

Ele olha pra você como amiga > Você diz que gosta dele > Ele tem aquela sensação de “FOGE!” e afasta-se

E a estratégia final é a que eu chamo da estratégia do “SEXO GRÁTIS”. É um outro nome para “amigos coloridos” onde você está a tentar usar o sexo para “fazer” ele gostar de você. Você pensa que isso funciona porque quanto mais você se envolve com ele, mais gosta dele. Então porque é que isso não funcionaria com ele né?

Errado.

A realidade é que os homens podem ter intimidade com uma mulher e nem sequer pensar num “relacionamento”. Para ele, sexo é sexo, é divertido e sabe bem, e se ele não sentir uma ligação emocional e atração por você, ele desaparece no momento que você começa a pedir algo mais “profundo” ou “real” como um relacionamento ou quando pergunta o que ele sente por você.

Agora me diga… você se reconhece em alguma dessas situações? Agora você está vendo porque é que as coisas não funcionaram? Então porque é que um homem se afasta só por uma mulher ser boa para ele, fazer favores, elogiar e talvez até ter relações sexuais com ele?

Eu respondo. É por causa do que você está REALMENTE a comunicar com as suas palavras e as suas ações. Porque estas estratégias vem de uma posição de MEDO e de FRAQUEZA, estão dizendo algo sobre você que você NUNCA quis dizer. Não gosto de dizer isto mas é porque você também comunicou que está desesperada e carente, mesmo que você não se considere assim. Aiii!

E quando um homem pressente isso de você, ele não olha para você como uma pessoa única e especial. Ele não vai sentir que você é alguém que vale a pena porque sub conscientemente ele considera você como um estatuto mais “baixo” do que ele.

Então como é que você comunica de uma forma a fazer ele olhar para você de uma forma especial e rara? Primeiro você precisa de se mentalizar de algumas coisas…

Como Despertar a Atração… Ou Não…
Existem certas “mentalidades” ou “estados de espirito” que certas mulheres que tem um sucesso natural nos relacionamentos tem. Estas qualidades despertam a atenção e o interesse dos homens. Estes “estados de espirito” despertam uma resposta forte num homem. Comunicam ao homem que esta mulher é confiante e que sabe o que quer e como conseguir o que quer. Esta “mentalidade” também comunica que a mulher tem um “status elevado” e por isso o homem faz o homem pensar que ela é única e que vale a pena investir o seu tempo e atenção nela.

Por outras palavras, estas são as “atitudes” que uma mulher projeta que a tornam irresistível a um homem. É o que uma mulher diz enquanto não diz nada. Ela comunica coisas com a linguagem corporal, com a forma que ela anda e como ela se comporta com outras pessoas. São CRENÇAS porque a mulher realmente acredita que essas coisas são verdades da vida dela. A realidade é que se as coisas não tem funcionado bem para você, e se tem alguns padrões negativos que se repetem em vários relacionamentos… então tem de resolver isso.

Você pode CRESCER e MUDAR a sua vida para uma coisa melhor. (Como um relacionamento espetacular com um homem dos seus sonhos)

Aqui estão algumas dessas crenças que estão na base do que torna as mulheres IRRESISTÍVEIS para os homens, sem sequer fazer um esforço:

-Eu não deixo um homem decidir o que eu quero ou vou ter na minha vida amorosa.

Uma mulher assim não se “contenta” com um homem que não lhe dá o que ela quer ou precisa emocionalmente.

-Eu vou em frente e deixo um homem antes que ele estrague a minha vida.

Esta mulher não fica num relacionamento que é abusivo, degradante ou moralmente questionável. Ela também não atura mau comportamento de um homem. A integridade e a confiança são importantes para ela e ela mostra isso aos homens.

-Eu não quero mudar um homem e não quero que ele deixe de fazer as coisas pessoais de que ele gosta por causa dos meus medos ou limitações.

Ela sabe que o homem dela é um adulto que tem o direito e a liberdade de fazer as escolhas dele – e quanto mais ela o TENTA RESTRINGIR, menos bem ele se sente, menos livre e menos confiante em estar com ela e a partilhar a vida dele em todos os aspetos.

Ela respeita a “liberdade” e a necessidade de ele perseguir os seus objetivos e sonhos.

E isso é só um começo… Eu estou a tocar na ponta do iceberg das estratégias e das atitudes que DÃO RESULTADO para criar uma atração forte com um homem. Este é o tipo de atração que garante que ele não se vai “afastar” quando você diz como se sente… porque ele vai sentir o mesmo por você. Ele vai querer saber como você se sente por ele.

Não seria bom ter um homem que gosta tanto de você e que estaria interessado num relacionamento real e duradouro com você?